pagamento com código qr

O número de consumidores que afirmam fazer compras online com regularidade duplicou, relativamente ao período que antecedeu a pandemia. As compras via redes sociais e através do WhatsApp ganharam protagonismo, mas não se tratam de casos isolados. No contexto atual, um em cada cinco consumidores brasileiros aponta o pagamento com código QR como um dos três métodos de pagamento preferidos na hora de fazer compras online.

Este dado integra a segunda parte de uma pesquisa feita pelo Capterra, sobre o comportamento dos compradores após o início da pandemia, que ouviu 1.002 entrevistados de todas as regiões do Brasil, entre os dias 14 e 21 de julho.

O aumento do uso desta forma de pagamento acontece no momento em que o governo se prepara para o lançamento do PIX, projeto que vai unificar os pagamentos com Código QR e promete popularizar ainda mais esta opção.

A aposta em pagamentos com código QR acompanhou um forte crescimento das compras online

Segundo o estudo, duplicou o número de consumidores que afirmam fazer de 6 a 10 compras online por mês relativamente ao período pré-crise, de 9% para 19%, respectivamente. Por outro lado, a quantidade daqueles que afirmam fazer somente de 1 a 2 compras por mês teve queda de 37%.

Leia também: Livro de ecommerce destaca os 110 erros que as lojas “online” devem evitar a todo o custo

As formas de pagamento preferidas dos consumidores online são o PayPal e o cartão de crédito à vista, usadas por 43% dos entrevistados e seguidas pelo cartão de crédito parcelado (41%), cartão de débito (32%) e boleto bancário (23%).

Consumidor aposta em novas tecnologias para comprar

Além de diversificar os métodos de pagamento, os consumidores estão cada vez mais apostando em novas plataformas.

Quase 4 em cada 10 consumidores (38%), por exemplo, afirmam já ter feito compras por sistemas de chat, como o WhatsApp.

As redes sociais também ganham protagonismo: 33% dos entrevistados afirma já ter comprado pelo menos uma vez diretamente nas redes sociais, como o Instagram.

O brasileiro está entre os líderes mundiais na adoção de redes sociais e do WhatsApp. Com a transformação destas plataformas em verdadeiros marketplaces, o consumidor pode procurar produtos e consumar a compra na própria plataforma”, comenta Lucca Rossi, analista responsável pela pesquisa.

Leia também: PROF Shoes: estratégia de crescimento “online” sobe à montra da Conferência TSE 2020

Além de analisar as formas de pagamento e as plataformas mais utilizadas pelos consumidores, o estudo do Capterra também perguntou aos entrevistados sobre os seus hábitos de segurança nas compras online e debruçando-se sobre as suas preferências de compra durante este período de excepcionalidade.

Nos últimos meses, o Capterra tem investigado as mudanças tecnológicas no setor financeiro brasileiro, tanto na área empresarial, com o aumento da adoção de fintechs entre as pequenas e médias empresas, como na de consumo, com o crescimento do uso do telefone para pagamentos em lojas físicas após a pandemia do coronavírus.

Para mais informações

Felipe Marques – [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome