Início Cultura Festas Populares Passagem de ano no Porto esgota o alojamento local, apesar de um...

Passagem de ano no Porto esgota o alojamento local, apesar de um aumento de preços

A popularidade da cidade invicta, como local de eleição para o passar o réveillon, tem vindo a crescer, estando apenas atrás da Madeira no ranking de locais mais procurados em Portugal. Nesta altura do ano, apesar do aumento dos preços, a procura excede a oferta.

Passagem de ano no porto
- Publicidade -

A Passagem de Ano no Porto, esgotará o alojamento local da cidade. De acordo com as informações fornecidas pela empresa Host Wise, com base em dados consolidados internos e estatísticas disponibilizadas por plataformas do sector como o AirDNA e PriceLabs, apesar de uma subida de preços de 75% para esta noite, a Passagem de Ano no Porto tem neste momento grande probabilidade de esgotar a sua ocupação.

Passagem de ano no porto é cada vez mais popular

A cidade invicta tem vindo a solidificar-se como a principal a nível nacional, posicionando-se acima das restantes cidades do país a nível de procura, sendo ultrapassada apenas pela Madeira a nível de preço médio.

A concentração das celebrações na principal artéria da cidade portuense agrada a público nacional e internacional, fazendo disparar os preços e a ocupação nas zonas mais centrais. De acordo com Renato Chainho, gestor da Host Wise, “a Passagem de Ano no Porto é o único evento recorrente na cidade no qual a procura excede a oferta”, permitindo subir a receita do mês de Dezembro e consequentemente amenizar os efeitos da época baixa.

O aumento da procura para este período na cidade do Porto reflete-se num aumento de preço em todas as tipologias, no caso de T1s chegando a duplicar o preço relativo ao praticado na semana anterior, de 68€ para 136€.

Entre as melhores unidades disponíveis, o preço mediano de um apartamento T3 ou maior é de 399€, o dobro do que se registava uma semana antes. As propriedades mais caras da cidade podem ultrapassar os 500€ para a noite de dia 31.

No início do mês de Dezembro, a mais de três semanas do réveillon, os apartamentos com maior capacidade já registavam taxas de ocupação de 84% e 86%, respectivamente. Estatisticamente é possível verificar que os apartamentos de tipologia inferior são reservados com menor antecedência (“booking window” de 22 dias) e, como tal, projeta-se que a cidade do Porto entre em 2020 com lotação esgotada.

Para mais informações

Carlos Gandra | Host Wise | [email protected]

- Publicidade -

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome