Estilista Reinaldo Lourenço enfeita passarela com painéis de MDF GreenPlac

O estilista Reinaldo Lourenço abriu a 47.ª edição da São Paulo Fashion Week (SPFW) e o desfile, inspirado no clima de Miami, usou painéis de MDF da conhecida empresa brasileira GreenPlac, em pano de fundo da passarela.

estilista reinaldo lourenco
Estilista Reinaldo Lourenço utilizou placas Portinari, da linha Toccare, que apresenta uma textura semelhante a um tecido

O estilista Reinaldo Lourenço abriu a 47.ª edição da São Paulo Fashion Week (SPFW), esta semana, em desfile no Farol Santander. Além da coleção de moda, com peças de alfaiataria e vestidos esvoaçantes inspirados no clima de Miami, o criador trouxe também tendências da decoração ao usar painéis de MDF da GreenPlac para compor a passarela.

O cenário foi todo construído com placas Portinari, da linha Toccare, que recebe esse nome por apresentar textura semelhante a um tecido, como se saísse das telas para pintura artística. A cor clara e neutra da madeira ressaltou os tons vibrantes das peças do estilista Reinaldo Lourenço.

Entre as convidadas estavam Sabrina Sato, Leticia Colin, Didi Wagner, Constanza Pascolato, Fernanda Motta, Isabella Fiorentino, Gloria Kalil e a arquiteta Daniela Colnaghi, que usará a coleção de painéis da GreenPlac em seu espaço na 33.ª edição da CASACOR SP. “Moda e design desfilam juntos na arte de Reinaldo Lourenço e a cenografia atendeu a essa proposta”, reparou Daniela.

Sobre a GreenPlac:
A GreenPlac é a mais moderna fábrica de MDF do Brasil. Inaugurada em 2018, em Água Clara (MS) – com investimento de R$ 675 milhões – a marca já alcança o mercado nacional e está presente nos principais eventos moveleiros do país. Em 2019 terá sua estreia na CASACOR SP. A empresa do Grupo Asperbras oferece quatro coleções de painéis de MDF que podem ser usados na decoração de um ambiente, desde móveis até revestimento: as linhas Moderno, Natural, Toccare e Essenziale – essa última premiada na Feira Interzum, em Colônia, na Alemanha, em 2017. O processo de produção dos painéis é complexo e combina várias tecnologias. Assim que chegam do campo, as toras de eucalipto são descascadas e trituradas e desfibradas. A madeira passa por cozimento a vapor para a separação das fibras. Assim é o preparo da massa que vai dar origem ao MDF.”

Contacto com a Mídia:
Maria Luiza Sâmia
Email: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome