residência universitária
Residência universitária tem uma forma fora do vulgar

O Barbotherm EPS é um sistema de isolamento térmico criado pela Barbot que assegura uma poupança energética até 30%, a um custo reduzido, potenciando o conforto dentro de casa. Por isso, foi o escolhido para a construção da residência universitária da empresa belga Xior.

Esta é a primeira residência universitária no Norte do país da marca e o edifício de nove mil metros quadrados foi revestido com a solução da conhecida empresa de tintas.

 “O nosso grande desafio nesta obra foi conseguir o tom de cinzento pretendido pelo gabinete de arquitetura e que garantisse a qualidade da solução, nomeadamente no que diz respeito à durabilidade e eficiência energética”, explica Jorge Pereira, Area Manager da Barbot.

O responsável acrescenta, ainda, que a aplicação do Barbotherm EPS demorou seis meses, já que o edifício apresenta uma “forma fora do vulgar”.

Produto confere proteção acrescida à fachada da residência universitária

Jorge Pereira reforça ainda que esta solução é a ideal para este tipo de projeto, pois “permite manter uma temperatura ótima dentro das habitações durante todo o ano”. Deste modo, é reduzida a utilização de aparelhos de climatização.

Além destas vantagens, o sistema assegura uma maior durabilidade do edifício, já que proporciona uma proteção acrescida das fachadas face aos agentes atmosféricos.

LEIA TAMBÉM: Residências universitárias: U-WORLD assina protocolo com estudantes do Porto

O projeto da residência universitária da Xior, localizado na Asprela, no Porto, foi assinado pelo gabinete PG Arquitetos.

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Gabinete de Imprensa – Youngnetwork Porto

Andreia Martins – SeniorCommunication Consultant

[email protected]

Tlf.: +351 22 6 180 4 51 | Tlm.: +351 91 677 84 35

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome