melhor filme ibero americano

O filme “Variações”, de João Maia, foi selecionado pela direção da Academia Portuguesa de Cinema para representar Portugal na 62ª edição dos Prémios Ariel, no México, sendo candidato ao prémio de Melhor Filme Ibero-Americano.

Após ter conquistado o público, batendo o recorde do filme português mais visto nos cinemas em 2019, com 278 mil espectadores, o filme “Variações”, protagonizado por Sérgio Praia, é o candidato português à categoria de Melhor Filme Ibero-Americano.

Os Prémios Ariel são celebrados no México desde 1946 e têm como principal objetivo distinguir o melhor do cinema mexicano e ibero-americano.

Candidato ao melhor filme Ibero-Americano lança um olhar sobre a metamorfose de António Variações, uma figura icónica da música portuguesa

“Variações” foca o processo de transformação na persona de António Variações, artista excêntrico e popular cuja carreira fulgurante foi interrompida pela sua morte precoce, em 1984, sendo também uma homenagem a todos os que ainda hoje perseguem os seus sonhos aspirando transformar as suas vidas.

A 62ª edição dos Prémios Ariel terá lugar no México em 2020, em data a anunciar.

Veja aqui o trailer do filme e descarregue aqui o cartaz.

Para mais informações contactar o Gabinete de Comunicação da Academia Portuguesa de Cinema
Ana Mendão Costa | Email: [email protected] | Tel.: 21 391 66 04 / 96 863 92 53

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome