O Centro de Investigação e Inovação em Ciências Dentárias (CIROS), da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), e a Unidade de Investigação em Ciências Orais e Biomédicas (UICOB), da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, acabam de criar um grupo de trabalho dedicado ao tema “A Medicina Dentária no pós-pandemia COVID-19“.

A medicina dentária, no período que se seguirá à pandemia de covid-19, exigirá a adoção de novas práticas, adequadas a um contexto com riscos acrescidos

Este grupo de trabalho, segundo os coordenadores do CIROS e do UICOB, Fernando Guerra e António Mata, respetivamente, tem como objetivos a “apresentação e difusão de recomendações de boas práticas nos locais onde se exerça a atividade ou o ensino da Medicina Dentária, em todas as suas vertentes, no contexto da pandemia e com particular enfoque no reinício de uma plena atividade, assim como o desenvolvimento de projetos de investigação para o tema do controlo da infeção visando o reforço da segurança nas condutas clínicas e no espaço de exercício profissional ou de ensino da Medicina Dentária“.

Este grupo de trabalho irá também evoluir no sentido da criação de parcerias individuais, institucionais e com organizações congéneres nacionais e internacionais.

Fernando Guerra e António Mata realçam ainda «o facto da atual atividade de Medicina Dentária ser limitada a situações de urgência e ser necessário assegurar a manutenção da segurança no exercício clínico e no ensino da Medicina Dentária, no retomar da atividade em todas as suas valências».

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Cristina Pinto

Assessoria de Imprensa – Universidade de Coimbra • Reitoria – Comunicação de Ciência

91 7575022 | 96 9728546

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome