lab in a suitcase

Democratizar a ciência através da formação de docentes e impulsionar o acesso à ciência de forma mais independente de infraestrutura pré-existente são os grandes desafios que o Lab in a Suitcase quer responder. Com esta missão, o Centro Colaborativo do Instituto Gulbenkian de Ciência vai organizar sessões teórico-práticas para docentes, do ensino secundário e superior, para passarem a utilizarem o Lab in a Suitcase nas suas escolas e universidades.

A formação dos primeiros 13 docentes, de Lisboa, Oeiras e Sintra, decorre nos dias 9 e 10 de maio, no Centro Colaborativo do Instituto Gulbenkian de Ciência, e vai capacitar os participantes para a utilização do Lab in a Suitcase, um kit experimental de baixo custo, portátil e de fácil manutenção que permite a realização de atividades educacionais e de investigação científica de forma independente.

Depois de participarem na formação, os docentes vão ter a possibilidade de usar os kits que serão emprestados pelo Centro Colaborativo da Gulbenkian. No arranque desta iniciativa vão estar disponíveis 2 kits para empréstimo, por períodos de tempo que vão de 1 a 2 semanas. No futuro, o IGC pode vir a alargar a iniciativa a mais docentes com interesse em participar e assim aumentar o número de kits disponíveis.

O programa da formação consiste em duas tardes de atividades práticas de biologia molecular e de campo, sessões sobre ciência aberta e conta ainda com uma mesa-redonda com cerca de 10 cientistas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa que receberam e já se encontram a usar o kit Lab in a Suitcase na sua prática de investigação e ensino nos países de origem.

Lab in a Suitcase nasceu em 2019

O Lab in a Suitcase é um projeto que nasce em 2019, pela mão de investigadores do IGC e com o objetivo de promover o conhecimento científico. No ano seguinte começou a ganhar forma com o desenvolvimento e teste do equipamento e protocolos que incorpora. Em 2021 iniciaram-se as formações de 10 investigadores da Guiné Bissau, Moçambique, Angola, Cabo Verde e São Tomé, culminando com a atribuição do prémio de Responsabilidade Social (Os Melhores & As Maiores do Portugal Tecnológico, Exame Informática). Os participantes revelaram entusiasmo, durante a formação, mas sobretudo pela oportunidade de poderem levar a ciência para as suas universidades, ONG´s ou escolas.

O Lab in a Suitcase é desenvolvido pelo Instituto Gulbenkian de Ciência, no âmbito de uma parceria estabelecida com a Merck Family Foundation e a Câmara Municipal de Oeiras centrada na democratização da ciência. É um kit compacto e composto por equipamentos que permitem fazer experiências de biologia molecular e celular, sendo vários destes componentes sistemas em licenciamento aberto. O Lab in a Suitcase inclui um componente da Bento Labs (máquina de PCR, uma centrífuga, um sistema de electroforese), micro-pipetas, uma estufa, um densitómetro e uma lupa. No âmbito internacional é entregue aos investigadores/professores para o utilizarem de forma contínua nas suas atividades. Em Portugal, o projeto chega agora ao ensino secundário e superior, disponibilizando as malas por curtos períodos de tempo, permitindo envolver mais docentes.

Mais informação: gulbenkian.pt/ciencia/pt-pt/lab-in-a-suitcase/

Ana Morais | Head of Institutional Communication

Tlf.: 965249488 | @: [email protected]

VIAInstituto Gulbenkian
Artigo anteriorCartaz da Brisa Beach Party já tem 16 nomes confirmados
Próximo artigoEdifício ecológico em Famalicão: floreiras nas varandas são atração do Green Plaza Apartments
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".