Os “Jogos de Guerra entre Muçulmanos e Vikings”, que acontecerão na liça, com duas sessões diárias (pelas 20h00, 1.ª sessão, e pelas 22h30, 2.ª sessão), levarão os participantes a perceber melhor o confronto vivido no ano de 844, altura em que, no al-Andalus, os Vikings assolavam a costa, pilhando, roubando, queimando as terras costeiras e aprisionando os seus habitantes.

Estes homens altos, louros e dotados de um impressionante porte físico, conhecidos pela sua agressividade e violência, semeavam o terror entre homens, mulheres e crianças e, numa tentativa de terminar com os seus incessantes ataques, o Emir de Córdova, Abd al-Rahmam II, enviou o célebre poeta e diplomata Al-Gazalī para negociar a paz, que finalmente é alcançada.

“Os Jogos de Guerra” são apenas um dos muitos apelos da feira

Neste evento, inserido na programação diária da XVI Feira Medieval de Silves, recriar-se-ão jogos de guerra entre os dois povos: de um lado os Majus (designação dada pelos muçulmanos aos Vikings), do outro, os filhos de Alá, que poderiam ter acontecido aquando do seu regresso a Silves e que celebrariam a sua conquista.

O rei Viking, entusiasmado com o desafio dos muçulmanos, manda os seus melhores guerreiros, assim como um baú com 100 moedas de ouro para o vencedor dos jogos. O vizir de XILB, não querendo ficar atrás, escolhe também os seus melhores homens e cavaleiros e iguala a oferta com outras tantas moedas de ouro. E será este o cenário para os “Jogos de Guerra entre Muçulmanos e Vikings”.

Informações adicionais para a Comunicação Social:
Gabinete de Informação e Relações Públicas
Município de Silves | email: [email protected]
Telefone: 282 440 800 | Ext: 1110
Fax: 282 440 851
http://www.cm-silves.pt/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome