ISS Portugal associa-se à Fundação ISS “Mais um sorriso” na criação de emprego

Fundação Corporativa da ISS Ibéria desenvolveu cerca de 10 projetos de solidariedade destinado a pessoas em risco de exclusão, em oito países em vias de desenvolvimento. Investimento de 750 mil euros, em 12 anos, permitiu criar mais de 8.500 empregos. Tudo graças à contribuição voluntária de mais de 7.000 funcionários da ISS, que doaram alguns cêntimos dos seus salários.

iss portugal
Trabalhadores da ISS Portugal também ajudam a criar empregos em Angola, Colômbia, República Dominicana, Marrocos, Peru, Burkina Faso, Equador e Índia

A ISS Portugal, empresa líder na gestão e integração de serviços gerais presente em Portugal e Espanha, associa-se à Fundação ISS “Mais um sorriso”, que tem como principal objetivo apoiar projetos que englobem a criação de emprego em países em vias de desenvolvimento. A Fundação é financiada pela contribuição voluntária dos trabalhadores da ISS, que transferem para a causa alguns cêntimos do seu salário. A totalidade deste valor é destinado exclusivamente a cobrir os gastos dos projetos da Fundação.

“Desde a sua fundação, a ISS Ibéria é uma empresa integradora, uma vez que integramos pessoas em risco de exclusão social e estamos muito satisfeitos que a ISS Portugal se associe à Fundação ‘Mais um Sorriso’. Os nossos programas de inclusão social englobam todos os escritórios e agora será a vez de Portugal continuar a melhorar também as condições de vida dos mais desfavorecidos”, diz Eulália Devesa, diretora de Responsabilidade Social Corporativa da ISS e da Fundação.

A adesão da ISS Portugal implica que o nome da entidade se altere para “Mais um Sorriso” Ibéria.

Trabalhadores da ISS Portugal também ajudam a criar empregos pelo mundo fora

Desde a sua fundação, em abril de 2007 em Espanha, a Fundação Corporativa da ISS Ibéria desenvolveu cerca de dez projetos de solidariedade que envolvem pessoas em risco de exclusão, em oito países em vias de desenvolvimento: Angola, Colômbia, República Dominicana, Marrocos, Peru, Burkina Faso, Equador e Índia. Desde então, mais de 8.500 empregos foram diretamente criados nesses países.

Do mesmo modo, o investimento durante estes 12 anos foi superior a 750.600 euros, valor este que foi alcançado através da contribuição voluntária de mais de 7.000 funcionários da ISS, que voluntariamente doaram os cêntimos do seu salário.

“O principal objetivo de “Mais um sorriso” é melhorar a qualidade de vida das pessoas, oferecendo-lhes um emprego e promovendo a sensibilidade entre os nossos funcionários, que estão bastante envolvidos e sensibilizados com este projeto”, concluí Devesa.

Primeira bolsa de estudos premeia familiar de colaborador com 2.000 euros

Na mesma linha de compromisso para com as pessoas, a ISS Portugal entregou a sua primeira bolsa de estudos para ajudar na formação académica. Este tipo de iniciativas pretende contribuir para o crescimento e formação constante dos colaboradores da empresa. Neste caso em específico, a bolsa de estudos no valor de 2.000 euros foi entregue ao familiar de um funcionário da empresa, que por sua vez é também colaborador da Fundação “Mais um Sorriso” Ibéria.

“Na ISS Portugal, consideramos essencial que todas as pessoas tenham a oportunidade de continuar com a sua formação e para tal, oferecemos todo o nosso apoio neste âmbito. Esperamos que esta seja a primeira de muitas outras contribuições, sendo elas económicas ou não, da ISS para os seus funcionários e familiares”, explicou Devesa, diretora de Responsabilidade Social Corporativa da ISS e da Fundação.

Fundada em Copenhaga em 1901, a ISS cresceu até converter-se numas das empresas lider de Facility Services no mundo, com uma faturação anual de 9.864 milhões de euros. Possui uma equipa de mais de 485.000 colaboradores mundiais.




Informações adicionais para órgãos de comunicação social:
Carolina Roque
ATREVIA
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome