Fita - Festival Internacional de Teatro do Alentejo

O Fita – Festival Internacional de Teatro do Alentejo está de regresso após um ano de interrupção devido à pandemia que bateu à nossa porta. Decorre dias 30 de abril, 7 e 8 de maio no Auditório Municipal António Chainho em Santiago do Cacém.

A Câmara Municipal é parceira do FITA, considerado o maior Festival de Teatro em Portugal pela área geográfica em que intervém, todo o Alentejo, sendo o único evento transversal a toda a região e que conta com as parcerias de 10 Municípios, do Alto ao Baixo Alentejo. O FITA assume-se como um dos mais prestigiados festivais portugueses, ganhando também relevo a nível internacional. Desde 2018, o FITA integra duas redes internacionais de festivas ibero-americanos, juntamente com outros 52 festivais de todo o mundo.

Fita – Festival Internacional de Teatro do Alentejo tem somado reconhecimentos

Além do crescimento em território e em número de público participante, em 2020 foi considerado evento Premium pela Turismo do Alentejo e Ribatejo, confirmando a sua importância também ao nível da economia da região, sendo evidente o seu contributo directo e indirecto para o tecido empresarial do Alentejo.

Apesar de acontecer maioritariamente a sul do Tejo (abrangendo todo o Alentejo, desde o alto ao baixo, litoral e interior), a sua intervenção ultrapassa em muito o território nacional, como provam as ações de promoção e captação de públicos desenvolvidas em 2019 em Espanha, Cuba, Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e República Dominicana. Anualmente, a Lendias d’Encantar faz deslocar uma equipa a diversos países no intuito de contratação de companhias de teatro estrangeiras, mas também de captação de públicos, sendo já também evidente a presença de público estrangeiro nos espetáculos promovidos neste âmbito.

LEIA TAMBÉM: Teatro do Mar apresenta NÍMA, na Gala do Circo de Natal do Coliseu do Porto

O cartaz do Fita – Festival Internacional de Teatro do Alentejo para o Concelho de Santiago do Cacém inclui:

30 de abril –  20h00

  • DIZCONTOS pela companhia moçambicana CIA TEATRO DI MOZAMBIK.
  • DIZCONTOS é um solo teatral inspirado em histórias africanas dos anos 80/90, acerca da emigração dos jovens moçambicanos para a vizinha África do Sul, país africano economicamente mais próximo da Europa.

Dia 7 de maio – 21h30

  • VÁLVULA uma produção da Culturproject
  • VÁLVULA é um espetáculo para adolescentes, jovens e adultos que parte da história do Graffitti para nos levar numa viagem com diversas perguntas.

Dia 8 de maio – 21h30

ANTROPOFOBIA de Marianela Boán Danza da República Dominicana

“Durante o confinamento da pandemia de Coronavírus, realizei uma série a que chamei “CoreoVideos”, ou vídeos da perspetiva do coreógrafo, filmados e dançados por mim mesma, para explorar sensações desta situação extraordinária, e como forma única de continuar a criar e a apresentar dança.” 

A entrada para todos os espetáculos é de 3€.

Para mais informações

Teresa Chaves – [email protected]

FONTECâmara municipal de Santiago do Cacém
Artigo anteriorMelhores Verdes 2021: Adega de Monção com dois ouros e uma prata
Próximo artigoNoPaper: Câmara de Macedo recebeu mais de 200 processos digitais em apenas um ano
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".