A autarquia de Melgaço aderiu ao «Diabetes em Movimento», um projeto comunitário de exercício físico para diabéticos de tipo 2. A iniciativa arranca em outubro e prolonga-se até junho de 2020. Durante este período, às segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 14h e as 15h30, no Centro de Estágios de Melgaço, decorrerão diversas sessões de atividade física, gratuitas.

Desenvolvido um pouco por todo o País, em Melgaço o projeto acontece em parceria com a Direção-Geral da Saúde, com a ULSAM – Unidade Local de Saúde do Alto Minho EPE e com o Centro de Estágios.

Com este programa pretende-se proporcionar à população a prática de exercício físico, recomendada para o controlo da diabetes pelas principais organizações científicas internacionais, sem custos diretos para os participantes.

Assim, as sessões exercício físico para diabéticos envolverão a prática de aeróbio, resistido, de agilidade, de equilíbrio e de flexibilidade. A dose semanal deste programa foi testada como ferramenta terapêutica para o tratamento da diabetes tipo 2, sendo todos os participantes acompanhados clinicamente através do controlo da glicemia capilar, da pressão arterial e da intensidade do esforço.

Iniciativa não se fica pelo exercício físico para diabéticos…

Durante este período, e além do exercício físico para diabéticos, decorrerão ainda atividades de educação para a saúde e para a cidadania, de forma a que, no final da intervenção, os utentes obtenham mais saúde e melhor atividade física. Neste âmbito, todas as ações serão monitorizadas por fisiologistas e por enfermeiros.

Os participantes são sinalizados através do Serviço Nacional de Saúde, nomeadamente Centros de Saúde ou Unidades Hospitalares onde é realizado o seguimento clínico da diabetes. Para mais informações, os interessados deverão contactar o seu médico ou enfermeiro de família.

O programa de exercício físico para diabéticos, de intervenção comunitária, é coordenado pela Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física e do Programa Nacional para a Diabetes, com o apoio científico do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Melgaço: o destino de natureza mais radical de Portugal

Assessoria de Imprensa:
Sara Pereira | E. [email protected] | T. 910 944 492

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome