Curso Literacia Política

A ANAM, em colaboração com a Porto Editora, elaborou um curso de Literacia Política e Cidadania, com o objetivo de apoiar a capacitação dos eleitos locais e dos cidadãos em geral.

O curso está disponível em formato e-learning, disponível através da plataforma “Academia Virtual”, a partir da qual os participantes têm acesso a uma série de conteúdos organizados em vídeos e documentação esquematizada para fácil apreensão dos conteúdos. O que é ser cidadão, como exercer a cidadania, como e para que votamos, como está organizado o poder local, que competências tem e como funciona, são alguns dos temas abordados neste curso, criado com o propósito de dignificar e valorizar as Assembleias Municipais e os seus eleitos.

Curso de Literacia Política e Cidadania visa fortalecer o poder local

Para a ANAM, o curso de cidadania constitui um importante instrumento para melhor compreendermos como funcionamos em sociedade e de que forma o poder local contribui para a manutenção do exercício da democracia em liberdade. ”Este é um excelente contributo da ANAM e da Porto Editora para o fortalecimento do Poder Local” acrescenta Albino Almeida, Presidente da associação, relembrando os atuais e futuros desafios que irão exigir uma maior participação e intervenção cívica e os quais se prendem com o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que definem as prioridades para 2030 em áreas que afetam a qualidade de vida de todos os cidadãos e irão acarretar elevados custos para as autarquias.

E porque “não há participação cidadã sem liberdade e não há liberdade sem democracia”, Albino Almeida, defende que “a democracia será tanto mais forte quanto mais ativa for a voz da sociedade. E é preciso que esta voz seja esclarecida e informada.”

Criado com o objetivo de contribuir para um maior conhecimento e valorização dos eleitos locais, a ANAM através do CVEL tem vindo a desenvolver um esforço contínuo no sentido de aprimorar a atividade interna das Assembleias Municipais e potenciar a participação cívica dos cidadãos. É neste sentido que, para Albino Almeida, “a formação é uma importante forma de exercício político, não só no sentido de obtenção de conhecimentos e competências, mas, sobretudo, no sentido em que constitui um compromisso para o aprofundamento da democracia, reforço da cidadania e melhoraria da qualidade do escrutínio, principalmente num momento em que haverá mais poderes para as Câmaras, exigindo uma maior capacidade para acompanhar todos os processos de reorganização política em curso”.

O curso está disponível nesta plataforma podendo ser frequentado por qualquer cidadão que revele interesse na área em questão.

Para mais informações
Multicom
[email protected]

FONTEANAM
Artigo anterioriad lança planos de incentivo para aumentar a remuneração dos seus consultores imobiliários
Próximo artigoMinho Center celebra 26º aniversário com um programa para toda a família

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome