AIBILI recebe 4.ª edição do Demonstrador Tecnológico ANI

Um dos exemplos de sucesso da AIBILI, uma organização de investigação científica localizada em Coimbra (que este ano comemora 30 anos de atividade dedicada ao desenvolvimento de tecnologias e investigação clínica), é o Retmarker, um software desenvolvido na instituição que permite a deteção de alterações na retina, como a retinopatia diabética. Mas há mais projetos em destaque na 4.ª edição do Demonstrador Tecnológico.

0
88
aibili
A AIBILI é um centro de interface tecnológico na área das Ciências da Saúde

A ANI – Agência Nacional de Inovação e a AIBILI – Associação para Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem anunciam hoje a realização da 4.ª edição do Demonstrador Tecnológico, desta vez com o tema “Transferência de Tecnologia em Saúde”. A sessão terá lugar no próximo dia 6 de junho, na AIBILI, e contará com a presença do Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves (a confirmar).

O desenvolvimento de tecnologias inovadoras na área da saúde permite contribuir para uma melhoria na qualidade de vida, ao potenciar novos meios de diagnóstico, novos biomarcadores e novos tratamentos. De facto, o melhor cuidado do doente é a prioridade da AIBILI, uma organização de investigação científica localizada em Coimbra, que este ano comemora 30 anos de atividade dedicada ao desenvolvimento de tecnologias e investigação clínica.

Um dos exemplos de sucesso da AIBILI nesta área é o Retmarker, software desenvolvido na instituição e em comercialização pela Retmarker, SA. Este permite uma deteção de alterações na retina, nomeadamente em estados pouco avançados de Retinopatia Diabética (a complicação mais comum associada à diabetes).

O Retmarker promove, assim, uma triagem altamente eficaz de lesões associadas à Retinopatia Diabética, com a vantagem de permitir uma redução até 75% de custos com recursos humanos afetos a Programas de Rastreio. Atualmente é uma peça fundamental no Programa de Rastreio promovido pela AIBILI e pela ARS Centro, que avalia alterações de doentes diabéticos em diversas unidades de saúde da região, referenciando para tratamento quando necessário.

AIBILI: 15 projetos inovadores desenvolvidos em destaque no evento

O Retmarker, juntamente com 15 projetos inovadores desenvolvidos na AIBILI, estará representado neste evento, abrangendo áreas desde epidemiologia, estudos clínicos e desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas à saúde.

A sessão de abertura do evento, que se realizará no Anfiteatro da Subunidade 3 do Polo das Ciências da Saúde da Universidade de Coimbra, terá lugar às 14h30, e ficará a cargo de José Cunha Vaz, presidente da AIBILI, António Bob Santos, Vogal do Conselho de Administração da ANI e João Correia Neves, Secretário de Estado da Economia (a confirmar).

“A transferência de tecnologia em saúde como processo determinante da inovação” será o tema que dará o mote a uma mesa redonda, na qual irão participar Francisco Ambrósio, diretor do iCBR (Coimbra Institute for Clinical and Biomedical Research); Francisco Batel-Marques, responsável pelo Centre for Health Technology Assessment and Drug Research, da AIBILI, e professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra; Cecília Martinho, CEO da AIBILI; Conceição Lobo, investigadora na AIBILI e oftalmologista no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; José Cunha-Vaz, presidente e investigador na AIBILI; e João Diogo Ramos, CEO da Retmarker, SA.

Iniciativa engloba visita aos demonstradores tecnológicos

Esta iniciativa, engloba ainda uma visita aos demonstradores tecnológicos da AIBILI, com vista a envolver o tecido empresarial nacional com os resultados da inovação e empreendedorismo de base científica e tecnológica.

O Demonstrador Tecnológico é uma iniciativa promovida pela ANI, no âmbito do SIAC – Iniciativa de Transferência de Conhecimento, cofinanciada pelo COMPETE 2020, através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A Iniciativa de Transferência de Conhecimento tem como principal objetivo potenciar a transferência do conhecimento científico e tecnológico para o tecido empresarial, através de redes e ações que valorizem os resultados da investigação e a sua exploração económica nos mercados e pelas empresas. Através de um conjunto articulado e coerente de iniciativas, visa-se criar novos instrumentos ou procedimentos conducentes a essa transferência e valorização (ou adicionar maior eficiência à ação dos instrumentos existentes).

A AIBILI:

Constituída em 1989, a AIBILI é uma organização privada sem fins lucrativos. É um Centro de Interface Tecnológica na área das Ciências da Saúde, de utilidade pública e de relevância científica e tecnológica para o desenvolvimento do país. A AIBILI destaca-se na investigação clínica europeia na área do medicamento e dispositivos médicos com particular relevo para a investigação em oftalmologia. O principal objetivo é a transferência de tecnologia na área da saúde através da investigação translacional.

Contacto com a Imprensa:
MARLENE SILVA
TM. 910 520 325 | [email protected] | Skype: marlenesilva.pure
LISBOA – R. Diogo Couto, 1B, 2799-537 Linda-a-Velha
PORTO – Rua Gonçalo Cristóvão nº 185 – 7º piso, 4049-012 Porto

Se gostou este artigo, considere igualmente:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome