viagens à tailândia

Há boas notícias para que planeia ou sonha com viagens à Tailândia. O país aprovou a entrada sem quarentena para chegadas aéreas de Austrália, Áustria, Bahrein, Bélgica, Butão, Brunei Darussalam, Bulgária, Camboja, Canadá, Chile, China, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letônia, Lituânia, Malásia, Malta, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Catar, Arábia Saudita, Singapura, Eslovénia, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça , Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, EUA e Hong Kong.

Os viajantes devem ter permanecido nos países mencionados há 21 dias ou mais, sendo que não é permitido o trânsito / transferência entre os países aprovados.

As condições atuais para se fazer viagens à Tailândia

Assim, a partir de 1 de novembro de 2021, a entrada na Tailândia pode ser realizada sem quarentena, ainda que sujeita às seguintes exigências:

  1. Um Certificado de Entrada (COE) ou um comprovativo de registo para entrada na Tailândia por meio da plataforma. Atualmente, o COE pode ser obtido online- coethailand.mfa.go.th.
  2. Um certificado médico com um resultado de laboratório PCR indicando que COVID-19 não foi detetado, emitido no máximo 72 horas antes da viagem. Também é exigido um Certificado Médico de Recuperação a todos aqueles que têm um resultado de laboratório com COVID-19 detetado, para mostrar que recuperaram da infeção num período não superior a 3 meses.
  3. Uma apólice de seguro, com cobertura claramente identificada, não inferior a 50.000 USD, que deve cobrir o custo do tratamento e outras despesas médicas associadas à infeção por COVID-19, incluindo hospitalização por todo o período na Tailândia.
  4. Uma confirmação de pagamento para uma estadia mínima de uma noite, na chegada às instalações de quarentena aprovadas (Quarentena Alternativa – AQ, Quarentena Organizacional – OQ ou Quarentena Hospitalar Alternativa – AHQ) ou um hotel com certificação SHA Plus. O pré-pagamento deve cobrir a acomodação de uma noite, o teste RT-PCR COVID-19 necessário e um Kit de teste de antígeno (ATK).
  5. O Certificado de Vacinação para todos os viajantes totalmente vacinados – a prova inclui um Certificado de Vacinação com uma vacina aprovada pelo Ministério de Saúde Pública da Tailândia (MoPH) ou pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que não tenha sido administrada há menos de 14 dias antes da data da viagem, e um Certificado de Vacinação com pelo menos uma dose da vacina, que não tenha sido administrada há menos de 14 dias antes da data da viagem.
  6. Os viajantes menores de 12 anos, que viajem com os seus pais ou responsáveis, estão isentos do certificado de vacinação, mas devem ter um Atestado Médico com resultado de laboratório RT-PCR indicando que o COVID-19 não foi detetado, emitido no máximo 72 horas antes da viagem.
  7. Realização da triagem de saída antes da partida para a Tailândia.
  8. Após a chegada ao aeroporto internacional da Tailândia, os viajantes devem seguir diretamente para o centro de testes COVID-19, ou para o alojamento que reservaram e submeterem-se ao teste RT-PCR obrigatório no Dia 0-1.
  9. Os viajantes devem instalar a aplicação MorChana e aguardar dentro do alojamento apenas pelo resultado do teste, que deve estar disponível no mesmo dia. Caso o resultado do teste seja negativo, é possível ir a qualquer zona país durante as viagens à Tailândia.
  10. Cada viajante receberá um ATK pré-pago no momento da reserva do alojamento.
  11. Qualquer que apresente sintomas de COVID-19, em viagens à Tailândia, deve fazer um teste imediatamente, usando o ATK fornecido. Se não sentir nenhum sintoma, os viajantes devem usar o ATK fornecido para o autoteste do COVID-19 nos dias 6-7 e mostrar o resultado ao staff do hotel ou alojamento, bem como registar o resultado no aplicativo MorChana. Se algum viajante apresentar sintomas de COVID-19, a equipa do Hotel / AQ deve notificar imediatamente os responsáveis pelo controlo de doenças transmissíveis da sua região.

O período de quarentena permanecerá de 10 dias para chegadas aéreas de viajantes não vacinados ou parcialmente vacinados.

Para mais informações

Pedro Fonseca – Jervis Pereira

Email: [email protected] | Tel.: 93 604 19 98

FONTE Autoridade de Turismo da Tailândia em Portugal
Artigo anteriorMelhor destino de praia: Algarve distinguido pela 8.ª vez
Próximo artigoComPosto Food & Club: comida de conforto, cocktails e DJ, tudo no mesmo espaço
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".