Duas semanas após lançar o clip “Liberdade Sofrida”, o sambista da velha guarda Toinho Melodia apresenta o segundo vídeo do projeto “Toinho Dub”, que promove o encontro do compositor com a música jamaicana. Na regravação da clássica “Pretexto”, sucesso de seu primeiro disco e que dá título ao novo clip, Toinho canta em uma levada “early reggae”, construindo um potente diálogo entre xote (ritmo presente no arranjo original da canção), reggae e samba. A faixa estará disponível nas plataformas para os ouvintes a partir de 1º de maio.

Os clássicos de Toinho Melodia “pintados” com os ritmos jamaicanos

Em “Toinho Dub” o compositor “paulibucano” apresenta as suas músicas, compostas originalmente em ritmos como samba, xote e baião, com nova roupagem em arranjos de reggae, dub e ska, realizando uma fusão original entre vertentes musicais do Brasil e da ilha caribenha.

A banda que acompanha Toinho nesta empreitada é liderada pelo baixista Pedro Lobo (Braza) e mescla músicos que passeiam entre as sonoridades do samba e do reggae e são integrantes de bandas de destaque na música contemporânea como Black Mantra, Buena Onda Reggae Club, Samuca e a Selva, Funmilayo Afrobeat Orquestra e Conjunto Picafumo. É assim que baixo, bateria, guitarra, teclado, trombone, trompete e percussão conferem novas camadas sonoras às composições pungentes e líricas deste que é um ícone do samba da cidade de São Paulo.

Saiba mais sobre Toinho Melodia

Compositor e intérprete, Antônio Freire de Carvalho Filho nasceu em 1950, no Recife. Aos onze anos, retirou-se com a família da capital pernambucana rumo à capital paulista, onde, entre sambas na beirada dos campos de futebol de Várzea da Vila Maria, tornou-se Toinho Melodia, batizado por Toniquinho Batuqueiro. Após passar por diversas escolas de samba da Paulicéia, fazendo fama nas rodas, comunidades e tendo participado de programas televisivos como Samba na Gamboa e Milagres de Santa Luzia, Toinho é reconhecido como um dos grandes compositores de samba da cidade de São Paulo. Em 2018, aos 68 anos, o sambista lançou o seu aclamado disco de estreia, “Paulibucano”.

Para mais informações

Daniella Pimenta – Conteúdo Comunica – [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome