primeira edicao dos lusiadas
Além da primeira edição dos Lusíadas, outros tesouros culturais do ACP estarão na rota das visitas guiadas

O Ateneu Comercial do Porto (ACP) inicia este sábado as visitas guiadas (com entrada gratuita neste primeiro dia) ao seu património histórico e cultural, patente nas suas instalações, localizadas no n.º 44 da Rua de Passos Manuel, em pleno coração da cidade “Invicta”, numa iniciativa que dá expressão prática à anunciada abertura da instituição à comunidade. O arranque deste novo ciclo dos 153 anos de vida do ACP tem um aliciante extraordinário, pois permitirá aos visitantes apreciar in loco e ao vivo a primeira edição dos Lusíadas, de Luís Vaz de Camões, de que o Ateneu portuense é proprietário, isto num momento em que se assinalam os 450 anos da publicação da obra maior que evoca os Descobrimentos portugueses e a epopeia lusitana.

Impressa pela primeira vez em 1572, em Lisboa, subsistirão apenas no mundo, ao que se sabe, apenas 34 exemplares da primeira edição dos Lusíadas, que estarão distribuídos por três continentes.

Segundo a ata de 3 de fevereiro de 1904 do ACP, a obra de Camões custou à associação, naquela data, “170 mil réis” (170 escudos), e é somente uma das muitas raridades que fazem parte do espólio do Ateneu Comercial do Porto, que possui igualmente uma edição em hebraico da Bíblia Sagrada, datada do século XVI (em restauro), e uma cópia manuscrita da crónica de D. Fernando, de Fernão Lopes.

Tesouros culturais do ACP são inúmeros, além da primeira edição dos Lusíadas

A biblioteca (cerca de 60.000 títulos e 80.000 volumes) é, aliás, a “joia da coroa” da secular instituição do Porto, e é considerada uma das melhores bibliotecas privadas da Península Ibérica. No seu espólio existem ainda vários manuscritos de figuras e autores da literatura nacional, como Jorge de Sena, Ferreira de Castro, Miguel Torga, entre outros.

O valioso património estende-se pela pintura (com obras de Alvarez, Medina, António Carneiro, Henrique Pousão, entre outros), escultura e faiança, incluindo coleções de cariz numismático e medalhístico, de grande valia.

Além da primeira edição dos Lusíadas, é também todo este tesouro cultural que estará na rota das visitas guiadas, as quais podem ser reservadas no website do Ateneu, completamente renovado.

LEIA TAMBÉM: Cientistas cartografam Voltaire em Portugal e na literatura portuguesa

Em março, as visitas decorrerão às 11 e às 15 horas, e têm um custo de 6 euros.

Os 450 anos da publicação de “Os Lusíadas” motivaram também o ACP na organização de um colóquio comemorativo da data, que está planeado para 10 de junho, Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

Sobre o Ateneu Comercial do Porto:

Fundado em 29 de Agosto de 1869, o Ateneu Comercial do Porto nasceu como Associação de Cultura, Instrução e Recreio, resultante da fusão de outras instituições congéneres, com o propósito de promover e cimentar “relações de benevolência e boa sociedade” entre os associados, isto é, os comerciantes da cidade “Invicta”.

Trata-se de uma instituição ímpar no seu género, com cariz de clube privado, que dinamiza atividades lúdicas e culturais. Identifica-se, desde a génese, com o Porto e os seus movimentos sociais, desde as suas origens de sociedade recreativa até às extravagâncias de clube burguês, não esquecendo a tradição dos bailes, saraus e tertúlias. Foi sempre um local frequentado pelas grandes personalidades das letras, artes, ciências, negócios e política da região.

Localizadas no n.º 44 da Rua de Passos Manuel, em plena Baixa, as instalações do ACP compreendem salão nobre, polivalente, biblioteca, bufete, bar, barbearia, sala de visitas, salas de jogos, salões de bilhar e sala de leitura, além de duas salas adicionais. A instituição conta atualmente com cerca de 300 associados. 

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Alberto Moreira

MSImpacto – Comunicação e Assessoria de Imprensa

[email protected]

Tel: 222033028 | Móveis: 962679553 / 963021181

FONTEAteneu Comercial do Porto
Artigo anteriorMelhor vinho do Alentejo: Talhão 37 distinguido na Alemanha
Próximo artigoExperiência do Consumidor deverá crescer exponencialmente na próxima década
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome