Marques Soares doa doze mil peças de roupa e acessórios à AMI

Ao invés de colocar o material de coleções anteriores à venda em "outlet", ou noutro canal de revenda, a icónica loja de moda do Porto vai ajudar as famílias a ultrapassar os tempos difíceis em curso.

marques soares
As peças doadas pela Marques Soares são marcadas pela intemporalidade e exibem padrões e texturas de sempre

A Marques Soares, a mais icónica loja de comércio de vestuário da cidade do Porto, vai doar cerca de doze mil peças de roupa, sapatos e acessórios de moda a favor da Assistência Médica Internacional (AMI).

Ciente da responsabilidade social das empresas, a Marques Soares decidiu avançar com esta iniciativa “numa época particularmente difícil, com uma crise sanitária de proporções alargadas que desembocou numa crise económica mundial”, considera o administrador Paulo Antunes.

Entre as peças doadas encontram-se opções para homem, mulher e criança, para várias estações do ano e com uso polivalente. São peças que provêm de coleções anteriores, de grande intemporalidade e com padrões e texturas de sempre, que se encontravam nos armazéns da empresa, na Maia.  Assim, e ao invés de colocar todo este material à venda em outlet ou noutro canal de revenda, a Marques Soares vai ajudar as famílias a ultrapassar estes tempos difíceis.

Marques Soares já colaborou com a UNICEF

A AMI é uma Organização Não Governamental (ONG) portuguesa, privada, independente, apolítica e sem fins lucrativos que tem como objetivos lutar contra a pobreza, a exclusão social, o subdesenvolvimento, a fome e as sequelas da guerra, em qualquer parte do Mundo.

LEIA TAMBÉM: Pequeno comércio: crise pandémica acelerou transição digital nos negócios de proximidade

Esta não é a primeira vez que a Marques Soares se solidariza com instituições ou organizações de beneficência. Há cerca de quatro anos, e também no âmbito da sua responsabilidade social, foi lançada uma campanha em favor da UNICEF, apelidada de «Juntos pelas Crianças».

A campanha decorreu em três montras da loja Rua das Carmelitas, junto aos Clérigos, onde o público e os clientes eram convidados a colocar um cadeado no gradeamento, com um custo de 1,5 euros e uma mensagem de solidariedade e esperança. O valor alcançado foi entregue na totalidade à UNICEF.

Sobre a empresa:

Os Armazéns Marques Soares abriram portas na Rua das Carmelitas, no Porto, a 5 de novembro de 1960, com um espaço inicial de 150 metros quadrados e 10 funcionários. No início, as vendas estavam confinadas a tecidos para vestuário, malhas e camisaria. Atualmente, conta com uma área bruta de 14 mil metros quadrados e 300 colaboradores, divididos pelas diferentes lojas presentes no Porto, Braga, Aveiro, Santarém, Beja, Vila Real e Évora.

Com cerca de 70 mil clientes, a Marques Soares é uma das marcas de referência no comércio nacional, facto que já mereceu o reconhecimento internacional, por parte da European Foundation for Entrepreneurship Research, como sendo uma das 500 empresas mais dinâmicas da Europa.

LEIA TAMBÉM: Livro de ecommerce destaca os 110 erros que as lojas online devem evitar a todo o custo

Localizada no coração da Baixa do Porto, e numa das zonas mais trendy e movimentadas da cidade, a Marques Soares afirma-se como uma das âncoras do comércio portuense, com espaços diversificados e propostas variadas para todas as áreas da vida quotidiana, desde a roupa ao calçado, passando pela perfumaria, desporto, ótica ou linhas de casa.

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Paulo Maia

MS Impacto – Comunicação e Assessoria de Imprensa

Telef. 222033028 | Fax 222087421 | Móveis 962679553 ou 963021181

Endereço electrónico: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome