elida almeida em lisboa

México, Finlândia, Canadá, Estados Unidos, França. Pausa por conta da pandemia. Polónia, Luxemburgo, França. Elida Almeida é uma artista do mundo. E a cabo-verdiana fez questão de colocar um regresso a Lisboa e Portugal na sua agenda, após esgotar os bilhetes de sua apresentação no Capitólio no ano passado. Elida Almeida será a grande atração do próximo sábado no Espaço Espelho D’Água. Para completar as atrações do fim de semana do SomSabor, o chef Leandro Araújo vem do Cafezique, de Loulé, para assinar a ementa ao lado do chef residente, Rui Araújo. Tudo isso à beira do Tejo, em Belém.

Nascida na Ilha de Santiago, Elida Almeida começou a cantar na Igreja, mas após a morte do seu pai teve que ajudar a mãe com a venda de legumes. Contudo, a música era o seu destino e com letras que juntavam amor e protesto começou a ganhar cada vez mais espaço. Em 2015, venceu o prêmio do Prix Découvertes RFI. Elida é conhecida pelas grandes parcerias que faz. Entre elas, estão Flavia Coelho, Helio Batalha, Roberta Campos e Elji Beatzkilla. 

Leia também: Provar vinho do Porto em Lisboa: Taylor’s Port reabre sala de provas e loja

Elida assistiu à apresentação da conterrânea Lucibela no SomSabor, gostou do espírito intimista dos concertos do festival e inspirou-se para também fazer parte do projecto.

No arranque do fim de semana, Gonçalo Sousa recebe, na sexta-feira, o músico espanhol Tyler Faraday e o baterista português Diogo Alexandre para um concerto em Belém. No domingo, o Palavras em Contraste, formado por Gabriela Abreu e Miguel Antunes, convida os poetas e Samuel F. Pimenta e a música fica por conta do brasileiro Rod Krieger.

Os sabores que acompanharão os ritmos de Elida Almeida em Lisboa

O chef convidado desta semana é Leandro Araújo, do Cafezique. Aberto desde janeiro em Loulé, o restaurante busca inovar na forma de comer. O conceito são pratos pequenos para partilhar que não são tapas. Para isso, Leandro Araújo dá um toque especial que promete reproduzir no SomSabor. A curadoria gastronómica do festival é de Paulo Amado.

A ementa terá como amuse bouche um Gaspacho de pepino e keffir, pickles e ova de polvo, com opção vegetariana de Gaspacho de pepino e keffir e pickles; entrada com Faneca frita e tapioca pérola em caldo de peixe, e o prato principal, que será Cavala alimada, batata doce, escabeche e salsa – com Cenoura caramelizada, batata doce, escabeche e salsa na versão veggie. De sobremesa, Encharcada e sementes de abóbora.

Para mais informações

Ana Cristina Fiedler  | [email protected] | (+351) 915 883 083

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome