Segundo dados de 2019 da Organização Internacional de Trabalho (OIT), todos os anos, 2,78 milhões de trabalhadores e trabalhadoras morrem de acidentes de trabalho e doenças profissionais (2,4 milhões dos quais devido a doenças) e 374 milhões são vítimas de acidentes de trabalho não fatais. E, para Carla Rebelo, Diretora Geral da Adecco em Portugal, “não podemos deixar passar o dia Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho sem uma mensagem forte para todos os profissionais, de hoje e do futuro. Nesta caminhada, que conta já com 30 anos, muitos foram os desafios colocados e com os quais somos confrontados, diariamente.

De acordo com a Adecco, o desafio Segurança tem marcado cada vez mais a atuação e posição da empresa no mercado. Pela Segurança, a marca reflete sobre a sua posição na sociedade, sobre a forma como influencia o mundo em redor, muda procedimentos, lança ações e campanhas, aposta no esclarecimento e incentiva outros a fazer a mudança lado a lado com a marca especialista em Recursos Humanos.

O Dia Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho serve para reafirmar um compromisso de todos os dias

Acrescenta Carla Rebelo que “Para nós não há outro caminho que não seja lutar diariamente para tornar os nossos postos de trabalho mais seguros e humanizar todas as etapas produtivas. Acreditamos que, dessa forma, contribuímos grandemente para a elevação da qualidade do tecido empresarial português e colocamos Portugal numa posição mais competitiva a par de países de referência no panorama da Prevenção.

Esta tem sido a postura diferenciadora da marca no mercado nacional e sublinha bem a sua posição nos parceiros com quem trabalha e que reconhecem a garantia de uma aposta forte na Prevenção e, consequentemente, de um serviço mais forte e de confiança.

Para Carla Rebelo, é fundamental “liderar pelo exemplo e deixar claro que na Adecco a Segurança dos nossos Trabalhadores é nossa prioridade máxima.

Este ano sabe-se que será atípico e a curva evolutiva também. Os riscos psicossociais e o stress relacionado com o trabalho são motivo de crescente preocupação para muitos trabalhadores em todo o mundo. E a pandemia e o distanciamento social a que obriga, bem como a incerteza económica das famílias irá aumentar substancialmente o número de situações de problemas mentais.

Enquanto se aguardam dados deste ano, e no dia em que celebramos o Dia Nacional da Saúde e Segurança no Trabalho, a Adecco, especialista em Recursos Humanos , que celebra também este ano 30 anos de presença no mercado nacional, destaca a importância da data e relembra alguns conselhos que poderão ajudar, à luz da nossa realidade, manter a salvaguarda de trabalhadores e entidades empregadoras.

1) Mantenha a rotina. Quer saia para trabalhar, que esteja a trabalhar em casa tente manter as suas rotinas o mais consistentemente possível. Se está em casa, troque de roupa, tome o pequeno almoço, prepare-se para iniciar o seu dia de trabalho. Mantenha os habituais horários de trabalho. As pausas e a hora de almoço são para serem respeitadas.

2) Crie o seu espaço de escritório.  Procure da melhor forma possível separar o ambiente de trabalho do doméstico.

3) Escolha um espaço com boa iluminação e acústica adequada. Luz natural é aconselhável, desde que não provoque reflexos e encandeamento. Posicione o monitor perpendicularmente às janelas, evitando janelas frontais ou nas suas costas.

4) saiba manter uma postura correta: manter o pescoço alinhado, os antebraços sempre apoiados, com os cotovelos próximos do tronco, a coluna direita e apoiada, os pés apoiados, uma boa cadeira é essencial para evitar dores nas costas. Se não tiver, coloque uma almofada atrás das costas para que toda a zona lombar fique apoiada. Também os pés devem ficar bem assentes no chão e as pernas deverão fazer um angulo de 90º. Se a sua cadeira não lhe permite estas condições, apoie os pés num pequeno banco.

5) Não fique muitas horas seguidas em frente ao computador. Levante-se, estique-se! Pratique alongamentos! Lembre-se que o corpo precisa de pausas e de mudanças posturais.

Para mais informações, por favor, contactar:

Sofia Velasco – Communication Director @ EDC

Tel: (+351) 211 913 070 | Tm: (+351) 932 101 396 | E: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome