dia internacional da proteção de dados

Num mundo globalizado, e cada vez mais ligado pela tecnologia, são muitos os que ainda não se sabem proteger devidamente nesta realidade online. É para assinalar o Dia Internacional da Proteção de Dados, e debater as questões da “Justiça e Privacidade na Presidência Portuguesa e no Conselho da Europa”, que a Universidade Europeia organiza um webinar, de acesso livre, no dia 28 de janeiro, às 18h00.

No dia Internacional da Proteção de Dados antecipar-se-á o rumo perspectivado durante a presidência portuguesa da UE

A sessão conta com a participação do Juiz Conselheiro José Luís Lopes da Mota e do Procurador da República Pedro Verdelho, para apresentar as linhas de rumo mais significativas da Proteção de Dados e do regime jurídico da Propriedade Intelectual, na área da Justiça, durante a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia no primeiro semestre de 2021. Será ainda analisada a política de proteção de dados no Conselho da Europa e as negociações e desenvolvimentos que têm sido levados a cabo, numa perspetiva crítica.

Trata-se de uma iniciativa do Privacy and Data Protection Centre, da Universidade Europeia, moderada pelos professores e coordenadores do Centro, Cristina Caldeira e Alexandre Sousa Rodrigues.

O evento é transmitido online, em direto.

Leia também: Webinares sobre gestão documental: “Automatização de processos para a Indústria”

Webinar: “Justiça e Privacidade na Presidência Portuguesa e no Conselho da Europa”

28 janeiro, às 18h00.

Acesso livre em: videoconf-colibri.zoom.us

Convidados para o webinar do Dia Internacional da Proteção de Dados:

José Luís Lopes da Mota – Desempenhou funções como Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça; Procurador-Geral Adjunto na Procuradoria-Geral Distrital Presidente da Eurojust e Secretário de Estado da Justiça do XIII Governo Constitucional.

Pedro Verdelho – Magistrado do Ministério Público desde 1990. Entre outros tribunais, exerceu funções no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, na secção especializada na investigação de crimes informáticos. Foi docente do Centro de Estudos Judiciários, na área penal, da qual foi coordenador. Representante de Portugal na União Europeia e no Conselho da Europa, em assuntos relacionados com a cibercriminalidade. Presentemente, é coordenador do Gabinete Cibercrime da Procuradoria-Geral da República.

Moderadores:

Cristina Maria de Gouveia Caldeira – Professora e Coordenadora do Privacy and Data Protection Centre da Universidade Europeia

Alexandre Sousa Rodrigues – Professor e Coordenador do Privacy and Data Protection Centre da Universidade Europeia

Para mais informações

Isabel Carriço | Inês Rodrigues

965 232 496 | 935 880 024

[email protected] | [email protected]