perturbacoes alimentares
Comportamentos alimentares desajustados, de início precoce, são fatores de risco de potenciais perturbações alimentares

No dia 13 de maio, Júlia Pinheiro estará em direto com dr.ª Andreia Leitão, pediatra especializada em neurodesenvolvimento, para uma conversa “com o coração” sobre perturbações alimentares. Através do Instagram, irão esclarecer conceitos, tirar dúvidas e partilhar experiências.

A Associação CAPITI deu o mote a este conjunto de lives, a acontecer de 13 a 27 de maio, no Instagram. São “Conversas da Mente com o Coração”, em que especialistas do PIN – Centro Clínico, de formação e investigação – estarão à conversa com figuras públicas sobre variados temas. O objetivo é descobrir mais sobre a complexidade e o poder do cérebro, de coração e mente abertos.

A primeira live será já no dia 13 de maio, sobre Perturbações Alimentares.

As perturbações alimentares são, habitualmente, diagnosticadas tardiamente

De acordo com o responsável da Associação CAPITI, “os comportamentos alimentares desajustados de início precoce são fatores de risco de uma potencial perturbação alimentar. As perturbações alimentares incluem a anorexia nervosa, a bulimia nervosa, a perturbação de ingestão compulsiva, a ARFID “Avoidant and Restrictive Food Intake Disorder”, pica e ruminação. Habitualmente, são diagnosticadas tardiamente, o que agrava o prognóstico”.

As próximas lives deste ciclo serão nos dias 20 e 27 de maio, com Zé Pedro Cobra e Nuno Markl, moderadas pelo drs. Gustavo Jesus e João Faria, respetivamente.

Participar é apoiar a causa da saúde mental…

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Inês Mendes Vieira

Social Footprint

[email protected]

FONTEAssociação CAPITI
Artigo anteriorVeramente, o novo restaurante italiano em Lisboa
Próximo artigoKitch angaria 3,25 milhões de euros para ajudar os restaurantes na transição digital
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".