entrudo chocalheiro

Os Caretos de Podence voltam a sair à rua entre os dias 26 de fevereiro e 1 de março para assinalar aquele que é considerado o Carnaval mais genuíno de Portugal e, assim, voltar a celebrar o Entrudo Chocalheiro, uma tradição que desde dezembro de 2019 foi considerada pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Além da Queima do Entrudo, do desfile das marafonas e do Pregão Casamenteiro, o programa inclui ainda vários passeios pedestres e o Festival Gastronómico do Grelo. “É uma alegria voltarmos a poder celebrar o Entrudo Chocalheiro, com toda a tradição e importância que têm para a aldeia de Podence”, afirma o presidente da autarquia de Macedo de Cavaleiros. Benjamim Rodrigues assinala “que serão adotadas todas as medidas de segurança determinadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS)”.

Este é um momento muito importante para os macedenses e para Podence, um evento que leva a que muitos dos nossos conterrâneos que se encontram emigrados regressem à sua terra Natal para se embrenharem na pele de Careto”.

O programa de quatro dias do Entrudo Chocalheiro contempla um total de quase 40 iniciativas (ver detalhes em anexo), que centram a atenção no património cultural, etnográfico, natural, artístico e gastronómico de Macedo de Cavaleiros.

Em cada um dos quatro dias de folia, o “aquecimento” é feito logo a partir das 9 horas, invariavelmente em ritmo de caminhada (no dia 26, pelo Trilho do Entrudo Chocalheiro e pelo Trilho Careto, a 27), visitas (ao Geopark Terras de Cavaleiros, no dia 28), passeios (no dia 27, com o Careto BTT) ou geo-cruzeiros (à Albufeira do Azibo, em embarcação ecológica e rumo ao Geopark, nos quatro dias, em diferentes horários).

O ponto alto do Entrudo Chocalheiro acontece a 1 de março

O apogeu da jornada, já se sabe, tem encontro marcado com a Queima do Entrudo na Eira do Careto, a 1 de março, pelas 18 horas, evento a que muitos só chegam – já depois dos Caretos à Solta, da Noite Chocalheira, do Pregão Casamenteiro ou do Desfile de Marafonas – porque não faltam momentos para repor energias, pelas rotas dos paladares que a Ronda das Tabernas abre a locais e visitantes.

Pelo meio, o Mercadinho Tradicional permite ocupar o olhar (e dar uso à carteira) pelas coisas e loisas da terra, sabendo de antemão que animação e experiências não faltam para aguçar os demais sentidos para o Carnaval mais genuíno e colorido de Portugal.

Para mais informações

Alberto Moreira | 963021181 | [email protected]

FONTEMunicípio de Macedo de Cavaleiros
Artigo anteriorClínica Médica do Porto abre portas com áreas de tratamento e diagnóstico inovadoras
Próximo artigoCurso de Piloto de Linha Aérea: GFS abre novas vagas
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome