Sapatilhas vegan portuguesas? Sim, arriscamo-nos a dizer que a sua procura termina aqui. Inclusive porque a Threeland não é unicamente uma marca 100% vegan que usa apenas materiais reciclados e sustentáveis na sua produção – é um movimento geracional. A nova insígnia quer lutar por um planeta mais limpo e, na peugada, combater a fome no mundo, doando o equivalente a três refeições infantis na venda de cada par de calçado. A Threeland Shoes entrou em campanha de financiamento, através da plataforma de lançamento de ideias empreendedoras Indiegogo. Mas já tem produto para mostrar!

A Threeland não quer ter o mundo aos seus pés. Pretende apenas que cada pequeno passo nosso reflita duas preocupações de cidadania comprometida e sustentável. E é por isso que o modelo Vitamin Zero é 100% vegan, concebido com fibras das folhas de ananás, plástico de garrafas resgatadas do mar e outras microfibras biológicas suaves, que imitam o toque da camurça.

Para além disso, cerca de 70% dos materiais que compõem a sola do modelo provêm de fontes renováveis. O interior do calçado é antibacteriano e anti-odores, e a elasticidade é uma das suas características de conforto.

Sapatilhas vegan confortáveis e estilosas, feitas para durar

Com calcanhar rebatível, cordões elásticos e palmilha amovível, o design é simples e confortável, “feito para durar e, o mais importante, sem género, isto é, feito para todos, variando apenas em tamanho e cor, para que possa ser comprado e mantido por muito tempo”, como explica André Oliveira, o fundador desta marca de sapatilhas vegan.

Mas porquê Threeland? Por causa do compromisso de três gerações da marca. “Começa com as suas ações, que se tornarão valores para os seus filhos e um verdadeiro legado para os filhos dos seus filhos. Ao fazermos escolhas conscientes para nós próprios, e para aqueles que amamos, estamos a mostrar-lhes o que realmente importa. É por isso que, a Threeland Vitamin Zero não é um sapato vulgar. É um movimento”, explica o empresário.

Da sustentabilidade do planeta ao sentimento de pertença a uma comunidade global foi um passo, daí que, por cada par de sapatilhas vegan vendido, a nova marca faça ponto de honra doar 1,5€ à causa da fome, o suficiente para três refeições infantis.

Assumidamente, a Threeland não é para todos. É para os que se importam. É para os que querem fazer a diferença, no dia a dia.

Marca tem campanha de crowdfunding em marcha

O primeiro modelo da marca já tem, evidentemente, protótipo, e a logística comercial está em fase de montagem. A ideia é avançar rapidamente para a produção (já assegurada) e comercialização. O centro de operações está localizado em Castelo de Paiva.

Mas o sucesso da empreitada depende, também, de cada um de nós. A marca tem a correr a campanha de lançamento do projeto na plataforma de crowdfunding Indiegogo – “o local perfeito para que novas ideias ganhem vida através da angariação de fundos”, afirma o empreendedor por detrás da Threeland.

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Alberto Moreira ::: Assessoria de Imprensa ::: [email protected] ::: 93 703 35 88

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome