Azeite Quinta do Portal é ouro pelo segundo ano consecutivo

Medalha de ouro pelo segundo ano consecutivo, azeite da Quinta do Portal vence concurso de Trás-os-Montes e Alto Douro.

azeite quinta do portal

O azeite Quinta do Portal arrecadou uma medalha de ouro no II Concurso de Azeite Virgem de Trás-os-Montes e Alto Douro, na categoria de ‘Frutado Maduro’.

Em prova estiveram 66 exemplares, que se submeteram ao julgamento do júri em diferentes categorias. O Quinta do Portal Azeite Extra Virgem Premium é complexo, medianamente frutado de azeitonas maduras, com notas marcadas de folha de oliveira, erva fresca e frutos secos. É ainda levemente picante e amargo, tendo um final persistente em boca.

O resultado final deste azeite de eleição espelha aquilo que é a filosofia que a Quinta do Portal aplica nos seus processos de produção, da viticultura à olivicultura: o máximo respeito pelo fruto e pelo seu potencial, tirando o máximo partido do melhor de cada parcela.

Veja também: Azeite Quinta da Pacheca é prata no concurso “Azeites de Trás-os-Montes e Alto Douro”

O Quinta do Portal Azeite Virgem Extra é obtido a partir das variedades Madural (40%), Cordovil (30%), Verdeal (20%) e Cobrançosa (10%). Para a produção de um litro de azeite, são necessários 8,8 quilos de azeitona.

Azeite Quinta do Portal é uma aposta recente, ainda assim vencedora

A aposta na área da olivicultura por parte da Quinta do Portal é relativamente recente. Em 2017, iniciaram-se duas novas plantações de olival, uma em bordadura na Quinta do Confradeiro e uma outra em sistema contínuo. Estas novas plantações juntam-se, assim, a um outro olival que já estava em produção.

O azeite da Quinta do Portal foi também eleito no ano passado o melhor azeite no concurso I Brazil IOOC – International Olive Oil Competition, que se realizou em São Paulo, no Brasil.

Ao todo foram mais de 90 azeites que estiveram em avaliação, provenientes de países como Espanha, Itália, Argentina ou o Líbano, e que se submeteram ao exigente julgamento de 12 especialistas internacionais, entre os quais estavam sommeliers, jornalistas, engenheiros agrónomos e chefs de cozinha.

Veja também: VINUM: um restaurante com vista para o Douro

Para mais informações:

Carla Mendonça – MSimpacto

[email protected] |

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome