O organismo nacional da acreditação (IPAC), membro da infraestrutura europeia bem como das estruturas mundiais de acreditação, atribuiu à Câmara de Provadores da CVR do Dão, segundo a NP EN ISO/IEC 17025, a acreditação para ensaios de Análise Sensorial de vinhos.

A Câmara de Provadores vê agora reconhecida por uma norma internacional a competência para efetuar a análise sensorial dos produtos vitivinícolas com vista à atribuição da DOP (denominação de origem protegida) ou IGP (indicação geográfica protegida) da área geográfica das Terras do Dão ou outros produtos vitivinícolas submetidos à Câmara de Provadores, com base na análise descritiva quantitativa.

O processo de certificação envolve, além de outros aspetos, a avaliação do produto quer em termos de análises físico-químicas, quer em termos de Análise Sensorial. Os ensaios necessários à apreciação dos produtos vitivinícolas das DOP e IGP sob controlo da CVR do Dão são executados no seu Laboratório de Ensaios Físico-Químicos e Sensoriais (Câmara de Provadores).

Esta acreditação, para análise sensorial de vinhos, vem reforçar a credibilidade da câmara de provadores

Este reconhecimento vem dar ênfase a todo um processo de aptidão da Bolsa de Provadores Qualificados, que trabalha com rigor técnico, garantindo ainda a imparcialidade e a confidencialidade do processo.

De referir ainda que a Comissão Vitivinícola Regional do Dão é, desde Agosto de 2013, acreditada segundo a NP EN 45011 e desde Setembro de 2015 de acordo com a NP EN ISO/IEC 17065 como Organismo de Certificação dos produtos vitivinícolas com direito às Denominações de Origem (DO) “Dão”, DO “Lafões” e Indicação Geográfica (IG) “Terras do Dão”, nos termos previstos na legislação que as criou e regulamenta.

Para mais informações contactar:
Andreia Martins – Senior Communication Consultant
[email protected]
Tlf.: +351 22 6 180 4 51 | Tlm.: +351 91 677 84 35

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome