Vinho Soalheiro: viagem ao coração das vindimas da primeira marca de Alvarinho de Melgaço

Até final de setembro, a Quinta de Soalheiro disponibiliza vários programas de enoturismo, que permitem testemunhar a emoção das vindimas e o pulsar da excelência do vinho verde.

131
vinho soalheiro
Vinho Soalheiro: o mês de agosto foi fresco e com temperaturas amenas, o que favorece a concentração dos aromas e um Alvarinho muito elegante

Chegaram as vindimas e com elas vive-se uma energia ainda mais especial no terroir da Origem do Alvarinho: Monção e Melgaço. Para o vinho Soalheiro, todos os dias são festa de vindima e vivenciar esse espírito será certamente uma experiência única. As vindimas marcam o fim de um ciclo e o início de outro, mas é o respeito pelas particularidades de cada videira, de cada cacho, que fazem que, no fim, os vinhos transportem um ADN especial.

Para testemunhar in loco a emoção e a paixão do Soalheiro Team basta escolher um dos programas de Enoturismo disponíveis na Quinta de Soalheiro e aproveitar para descobrir o sabor das uvas e dos mostos, bem como observar uma perspetiva diferente das vinhas. Por isso, até ao final de setembro, esta experiência torna-se ainda mais completa, pois é ajustada à realidade vivida na vindima: desde a apanha da uva, à receção das uvas na adega até à prova do mosto e dos vinhos em fermentação… tudo criará memórias e sensações que o farão encarar a cultura do vinho de uma forma diferente.

A oferta de Enoturismo do vinho Soalheiro é diversificada e integradora, e permite criar programas para famílias, sem limitação de idades, e amigos com perfis e gostos diferentes. As visitas podem ser efetuadas de segunda-feira a domingo, incluindo feriados.

Vinho Soalheiro: 2019 é uma vindima clássica

Sabia que são as vinhas que mandam na vindima? Na fase final do ciclo vegetativo dá-se a maturação das uvas. Esta fase especial do ciclo da videira é fundamental para a qualidade do vinho a produzir. Por isso, cada colheita tem o seu toque e marca a sua diferença.

A Vindima 2019 é uma vindima clássica. O ciclo de crescimento vegetativo foi mais precoce que em 2018, contudo, o mês de agosto foi fresco e com temperaturas amenas, o que favorece a concentração dos aromas e um alvarinho muito elegante. Setembro começou mais quente e sem chuva – um início de mês perfeito para a Vindima, que já vai a mais de metade.

Para os produtores do vinho Soalheiro, “é sempre importante nos nossos vinhos, quer seja no Loureiro, para o ALLO, ou no Alvarinho, para os restantes vinhos, encontrar o melhor equilíbrio entre o álcool e a acidez. Para já, 2019 é ligeiramente mais fresco que 2018, o que nos agrada muito, e com álcool também moderado”. Assim sendo, “as expetativas são ótimas, mas como diz o ditado “até ao lavar dos cestos é vindima”, por isso, vamos empenhar-nos para que os vinhos sejam perfeitos e façam jus à grande qualidade das uvas”.

Assessoria de Comunicação:
Essência Completa
Teresa Juncal Pires | T. 910 945 790| E. [email protected]
Quinta de Soalheiro
António Luís e Maria João Cerdeira | www.soalheiro.com | E. [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome