Robert Parker, tido no mundo da enofilia como uma das vozes mais autorizadas da crítica, distingue os vinhos da Quinta da Pacheca: Pacheca Vale de Abraão 2015 e Pacheca Reserva Lagar nº1 2016.

Três vinhos da Quinta da Pacheca com notas de excelência

O destaque foi para o topo de gama, o Vale de Abraão, que atingiu os 93 pontos. Como acontece regularmente, a prova foi feita por MarK Squires, o provador autorizado por Parker para a avaliação dos vinhos portugueses. Escreve o autor na revista norte-americana Wine Advocate que o vinho “mantém sempre uma grande delicadeza no palato, mostra intensidade de fruta, é bem equilibrado e pensado para durar muito tempo na garrafeira”. Squires entende que “todo o potencial do vinho ainda pode vir a revelar-se, sobretudo as notas de madeira”.

Já sobre o Reserva Lagar nº1, diz o crítico que “mostra uma requintada fineza no palato e uma estrutura fantástica. O início é elegante e o final de boca poderoso. Incrivelmente aromático, ressaltam as notas a frutas violetas e mirtilos. Um Reserva deslumbrante e bastante delicioso”.

Também o Pacheca Grande Reserva Branco 2018 ficou no lumiar da barreira dos 90. Mark Squires atribuiu-lhe 89 pontos.

Para mais informações consultar: quintadapacheca.com

Nos últimos anos os vinhos da Pacheca têm sido agraciados com vários prémios além-fronteiras e, por via disso, granjeando grande notoriedade internacional, o que tem naturais reflexos na maior procura dos vinhos e na conquista de novos consumidores. Estas distinções, validam, por outro lado, a opção estratégica assumida pela empresa de reforço de toda a estrutura de vitivinicultura e premeiam o trabalho desenvolvido pela equipa de enologia liderada por Maria Serpa Pimentel.

Sobre a Quinta da Pacheca 

A Quinta da Pacheca é um dos mais afamados produtores de vinho da região do Douro, cujas origens remontam a meados do século XVIII. A propriedade tem cerca de 75 hectares e iniciou um novo ciclo de desenvolvimento quando foi comprada pelos empresários Paulo Pereira e Maria do Céu Gonçalves, passando a integrar um moderno e dinâmico grupo empresarial. Abriu-se uma nova era, com uma aposta clara no reforço da qualidade dos vinhos e na dinamização do The Wine House Hotel, umas das mais conhecidas unidades de turismo de charme da região do Douro. Em 2018 a oferta foi reforçada com os Wine Barrels, com dez suites em forma de barrica gigante.

Para mais informações

Helder Robalo – Assessor de Imprensa Sénior 

[email protected] | 964676678 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome