Início Economia Setor de Recursos Humanos com conferência mundial em Lisboa

Setor de Recursos Humanos com conferência mundial em Lisboa

Evento será palco de debates, apresentações e networking entre os profissionais do setor, que chegam de diferentes países.

Setor de recursos humanos: Egito quer tornar-se num hub global de outsourcing

A World Employment Conference, evento anual que reúne uma rede global de profissionais do setor dos recursos humanos, ocorre entre os dias 23 e 25 de abril, no hotel InterContinental, em Lisboa. A conferência pretende ser palco de debates, apresentações e networking entre os profissionais do setor, que chegam de diferentes países.

Pela primeira vez, o Egipto vai estar representado no evento, através da sua delegação, presidida por Mohamed El Derwy, CEO da Target HR. El Derwy pretende mostrar como o Egipto está empenhado em cumprir as normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e destacar os avanços no que diz respeito às práticas éticas em matéria de emprego e outsourcing. “O Egipto emergiu como um centro estratégico para as grandes empresas multinacionais que permitiram um grande crescimento na criação de emprego e atividade económica. Estas empresas procuram os mais altos padrões de direitos laborais, proteção salarial e segurança no emprego, por isso, cada vez mais, estamos empenhados em promover o progresso no meio laboral, em conformidade com os padrões da OIT”, explica Mohamed El Derwy, presidente da World Employment Confederation no Egipto.

A presença do Egipto neste acontecimento de referência do setor de recursos humanos reflete a crescente preocupação do país no que diz respeito a diversidade e inclusão no local de trabalho, inovação e promoção de culturas organizacionais que respeitem os colaboradores.

O Governo egípcio tem sido um forte defensor da indústria de outsourcing, promovendo o crescimento do setor através de diferentes iniciativas e incentivos, que fazem parte da Estratégia Digital de Outsourcing 2022-2026, que já permitiu a assinatura de contratos que várias empresas, de forma a estabelecer ou expandir serviços de outsourcing no país.

Setor de recursos humanos: Egito quer tornar-se num hub global de outsourcing

“O outsourcing no Egipto é cada vez maior. As previsões apontam para um crescimento de 20% só em 2024. A meta do Governo é alcançar 10 mil milhões de dólares, até 2026, com a indústria de outsourcing e serviços partilhados, um objetivo que mostra a dedicação do nosso país em tornar-se um hub global de outsourcing”, termina Mohamed El Derwy.

Para Bettina Schaller, Presidente da World Employment Confederation, World Employment Confederation “acreditamos no papel vital dos serviços privados de emprego, como forma de ajudar qualquer cidadão a conseguir um emprego digno e aposte na qualificação profissional. Contudo, sabemos que, para isso, é necessária uma forte regulamentação, que conte com altos padrões de qualidade, aplicação rigorosa da lei e permita a cooperação entre os setores público e privado. Estamos disponíveis para apoiar o Governo do Egipto, assim como de outros países do Médio Oriente, na construção de uma estrutura de mercado que proteja tos trabalhadores, promova investimentos sustentáveis e impulsione a competitividade”.  

Gabinete de Imprensa:

Júlia Coelho

jcoelho@atrevia.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome

Exit mobile version