Exame IELTS: procura aumenta para testar o inglês

Perfil-tipo de quem faz a prova: têm entre 20 e 30 anos e querem ir estudar para o estrangeiro. Reino Unido é o país de destino mais recorrente de quem faz o IELTS, revela o British Council.

106
exame ielts
Há outras nacionalidades cuja presença está a crescer no exame IELTS: como os chineses e o brasileiros

Em 2019, o British Council registou, em Portugal,  um aumento na procura do exame IELTS (International English Language Testing System), um das provas mais populares internacionalmente e o único com selo de aprovação do Governo britânico para processos de imigração. A maioria dos examinandos são portugueses, jovens e têm como objetivo mudar-se para o estrangeiro para estudar.

O perfil é traçado pelo British Council que dá mais detalhes sobre a procura do exame IELTS : a educação superior – os cursos de formação com mais de três meses – é o motivo mais apontado para fazer o exame (62%), seguindo-se outras razões ligadas à educação (10%) e, ainda, ao movimento de imigração (9%). Os examinandos têm já uma sólida aprendizagem da língua, dado que mais de metade confirma ter 9 ou mais anos de ensino do inglês (52%).

Trata-se de uma camada jovem, na sua maioria entre os 20 e os 30 anos (65%) ou, mesmo, entre os 10 e os 20 anos (23%).  A maior parte dos examinandos (84%) são naturais de Portugal mas há outras nacionalidades cuja presença está a crescer: como os chineses e o brasileiros. Metade dos que fazem o exame IELTS tem como destino o Reino Unido (50%) mas há ainda quem tenha Austrália (8%) ou Canadá (5%) nos planos de futuro.

Exame IELTS estreou-se digitalmente

De 2018 para 2019 registou-se uma subida de 11% na procura dos exames. O aumento pode ser, em parte, justificado por uma novidade: foi em 2019 que se estreou o CD IELTS, versão mais atual do teste em que se substitui o papel e caneta por um computador e auriculares.

Muda o formato do exame IELTS, mas não o conteúdo já que a estrutura é igual à do exame original: com compreensão oral, compreensão escrita e expressão escrita – só a expressão oral é que se mantém igual para ambas as opções, exigindo uma conversa ao vivo, com um professor.

Criado em 1999, o exame IELTS é um dos principais testes para avaliar o domínio da língua inglesa, aceite por centenas de instituições académicas e organizações empresariais, do Reino Unido ao Canadá, EUA ou Nova Zelândia.

Em Portugal, o British Council é o único que disponibiliza o exame IELTS, que é feito, anualmente, por cerca de 2 milhões de pessoas por todo o mundo.

Sobre o British Council:

É a mais importante organização internacional do Reino Unido para as relações culturais e educativas.  Criar ligações e pontes com outras comunidades, encontrando novas oportunidades e reforçando laços de confiança, é o objetivo da organização que está presente em mais de uma centena de países. Desenvolve atividades nas áreas das artes e cultura, tecnologia, ciência, desporto, língua inglesa e sociedade civil. O British Council inaugurou oficialmente em Portugal em 1938, com a chegada à cidade de Lisboa – nos anos seguintes chegaria ao Porto e Coimbra. Nos centros portugueses acompanham todo o processo de ensino, abrangendo vários níveis aprendizagem e faixas etárias: do pré-escolar à primária, passando também pelo ensino de adolescentes e adultos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome