custojusto
Pedro Furtado: CustoJusto desempenha um papel fundamental na economia circular

Chegado ao mercado nacional há 12 anos, o CustoJusto “nasceu para ajudar a vender o que já não precisamos e a encontrar o que sempre procuramos ao melhor preço”, explica Pedro Furtado, diretor geral do portal.

Nestes 12 anos, um dos primeiros portais de classificados a operar no mercado nacional recebeu 850 milhões de visitas que geraram 15 mil milhões de page views. Já foram publicados mais de 30 milhões de anúncios e vendidos cerca de 2,4 milhões de artigos a partir do CustoJusto.pt

Com capital maioritariamente nacional, o CustoJusto está sediado no Porto e disponibiliza atualmente mais de um milhão de anúncios, que incluem artigos como carros, casas, artigos para o lar, eletrónica e também ofertas de emprego.

CustoJusto reduz o desperdício

Pedro Furtado, diretor geral do CustoJusto.pt, destaca o percurso feito pelo portal de classificados ao longo destes 12 anos. “Temos feito um caminho consistente, de crescimento sustentado e estruturado. Os portais de classificados desempenham um papel fundamental na economia circular, já que proporcionam aos consumidores a possibilidade de serem mais amigos do ambiente. O comércio de artigos em segunda mão é vital para a sustentabilidade do planeta, já que reduz a exploração de recursos naturais, o desperdício e as emissões de CO2”, refere.

Para celebrar a data, o CustoJusto desenvolveu uma campanha especial. Entre os dias 4 e 8 de dezembro, na compra de qualquer serviço de destaques do CustoJusto.pt, devolveu ao utilizador a totalidade do valor do serviço adquirido sob a forma de moedas. Cada moeda equivale a 1 euro para efeitos de compra de destaques no site.

LEIA TAMBÉM: Livro de ecommerce destaca os 110 erros que as lojas online devem evitar a todo o custo

O CustoJusto.pt é um projeto da CustoJusto, Lda, lançado em dezembro de 2008 pelo grupo de media escandinavo Schibsted, e que resulta da conversão para o mercado português do site de classificados sueco, Blocket.se. Graças ao enorme sucesso do Blocket na Suécia, a Schibsted decidiu internacionalizar este conceito, lançando sites de classificados em vários mercados, como em Espanha (2005), França (2006), Itália (2007) ou Portugal (2008). A partir de 2018, a CustoJusto, Lda passou a ter capital maioritariamente nacional mantendo, no entanto, a Adevinta (empresa resultante do spin-off da Schibsted em Abril de 2019) como sócia e parceira estratégica.

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Dina Coelho

Porto de Ideias

E-mail: [email protected]

Tel.: 226053562

FONTECustoJusto
Artigo anteriorVacinas ao domicílio: “startup” brasileira cria “marketplace” Vacine.me
Próximo artigoVinhos medalhados têm direito às melhores harmonizações…
Press Release
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome