carne de coelho
Com a assinatura “Carne de Coelho – Como a vai cozinhar hoje?”, a campanha prolonga-se até meados de 2020

A ASPOC – Associação Portuguesa de Cunicultura realizou, no âmbito da Campanha de Promoção ao Consumo de Carne de Coelho, visitas aos profissionais da restauração e talhos com o objetivo de sensibilizar para as vantagens nutricionais do consumo desta carne.

A ação de sensibilização, que se estendeu até início de dezembro, decorreu nas cidades de Lisboa, Leiria, Setúbal, Porto, Aveiro e Braga, junto de cerca de 500 talhos e 100 churrasqueiras. Através da distribuição de merchandising da campanha – para decorar os pontos de venda – a visita, realizada por promotores qualificados, traduziu-se na apresentação da carne de coelho, dos novos cortes, praticidade e das suas características para uma alimentação saudável.

Leia também: Carne de porco faz bem à saúde: verdadeiro ou falso?

Portugal é um dos países europeus com maior produção de carne de coelho

Portugal é o 5º produtor europeu de carne de coelho, com uma produção total de 5.840 toneladas. A integração com Espanha (política de preços, comércio internacional e programas de marketing) tornaram a Península Ibérica no maior produtor da Europa.

Em 2019, o consumo reportado de carne de coelho foi de 0,68kg per capita, excluindo a produção própria das famílias para autoconsumo, tradição que ainda perdura em algumas regiões do país.

Para o Presidente da ASPOC, Firmino de Sousa, “o objetivo desta iniciativa é sensibilizar os profissionais dos talhos e churrasqueiras para o consumo de carne de coelho e reforçar que é uma carne saborosa e fácil de confecionar, transmitindo-lhes, também, informação relevante sobre os seus benefícios nutricionais numa dieta equilibrada.

Leia também: Estudo avalia os benefícios da dieta mediterrânea no combate à obesidade juvenil

 “Nos dois últimos anos, a ASPOC promoveu, com sucesso, várias ações de formação em diversas regiões do país. Este ano, tendo em conta o contexto de pandemia, as ações de formação e eventos previstos não foram possíveis de implementar. Assim, desenvolvemos alternativas, onde se enquadra esta iniciativa que irá decorrer até ao início de dezembro”, acrescenta o Presidente da ASPOC.

Para mais informações, consulte o gabinete de comunicação da ASPOC:
Ana Costa / [email protected] / 21 391 66 04 / 96 836 9253

Considere ler também:

FONTEAssociação Portuguesa de Cunicultura
Artigo anteriorSensores de CZT: experiência liderada pela Universidade de Coimbra vai ao espaço em missão da ESA
Próximo artigoMOCHE Talks: “A Indústria da Música no Contexto Atual”
Envie-nos o seu press release através do nosso formulário de submissão e potencie a visibilidade da sua marca, empresa, ideia ou projeto. Se tiver dúvidas sobre a elaboração de uma nota à comunicação social, leia o nosso artigo "Como Fazer um Press Release".